Influência do tempo e da temperatura de vazamento na microestrutura de um ferro fundido nodular após tratamento de nodulização e pós-inoculação

Referencia Apresentador Autores
(Instituição)
Resumo
IIId09-012
Everton Maick Rangel Pessanha Pessanha, E.M.(Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro); Matlakhova, L.A.(Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro); Vidal, D.F.(Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro); O ferro fundido nodular (FFN) apresenta o carbono livre na forma de grafita esferoidal, devido ao tratamento de inoculação e nodulização realizado ainda no estado líquido, conferindo boa ductilidade e elevada resistência mecânica. O presente trabalho consiste em estudar a influência dos parâmetros de fundição, tais como o tempo (de T1/10 min à T8/45 min) e a temperatura (T1/1362ºC à 1232ºC) de vazamento na microestrutura de um lote de FFN hipereutético produzido pela técnica de imersão por sino na empresa Saint-Gobain Canalização - Brazil. Para tanto, foi realizada a análise de composição química e composição fásica por difração de raios X, bem como análise microestrutural qualitativa e quantitativa por microscopia ótica e microscopia eletrônica de varredura. Os resultados mostraram que o FFN analisado apresenta a fase ferrítica (a base de Fe-?) que se reduz com o aumento do tempo de vazamento e diminuição de temperatura, tendo no início 50 ± 15% (10 min) e chegando a 43 ± 23% (45 min). Em contraposição teve um aumento da constituinte perlítica (Fe+Fe3C) de 19 a 59%. Ainda foi revelada a presença dos nódulos regulares de grafita, que chegaram a 35%, do Tipo V e VI (de acordo com a norma ISO 945/2008), distribuídos de forma homogênea e menor participação dos pequenos núcleos de grafita. No tempo de vazamento de 35 min ocorreu a transição dos mecanismos estável? metaestável, aumentando a solubilidade do carbono no metal líquido e possibilitando a formação da cementita livre, revelada para maiores tempos de vazamento de 40 min/1244ºC e 45 min/1232ºC.
<< Voltar