Analise de Falhas em Virabrequim de uma Aeronave Monomotora

Referencia Apresentador Autores
(Instituição)
Resumo
IIIn03-002
Nicélio José Lourenço Lourenço, N.J.(Instituto de Aeronáutica e Espaço); Este trabalho teve como objetivo determinar as causas que levaram à ruptura em voo de um virabrequim e uma aeronave monomotora. Nestas aeronaves a perda de potencia em voo, ocasionada por uma ruptura de qualquer dos seus componentes pode acarretar grave acidente com perda de vidas, fato este conhecido dentro da comunidade aeronáutica e que ocorre com frequência. O estudo das causas destas falhas, bem como a sua divulgação de forma ostensiva é dever o qual o estado brasileiro cumpre em consonância com normas e tratados internacionais aos quais é o Brasil é signatário. O metodologia de uma análise de falhas segue um protocolo o qual se inicia com a ida ao local do acidente para observar a distribuição de destroços e remover as partes que serão analisadas. No presente trabalho foi inicialmente realizado registro fotográfico do material a partir de uma máquina fotográfica Nikkon D5300 com lente nikkor 18-105mm. Foram posteriormente utilizados equipamentos usuais de preparação metalográfica, um equipamento estereoscópico Hirox, moodelo KH8700, e também como um microscópio eletrônica de varredura da Zeiss. As analises realizadas mostraram a presença de características típicas de falha do material a partir do mecanismo de fadiga. A causa raiz da falha foi a realização de manutenção inadequada sem a observância do boletim técnico especifico recomendado pelo fabricante fato que provocou a quebra de um componente denominado “washer” induzindo desbalanceamento e vibrações no conjunto culminando finalmente com a fratura do virabrequim.
<< Voltar