Influência do Teor de Umidade e dos Parâmetros de Queima em Massas da Cerâmica Vermelha

Referencia Apresentador Autores
(Instituição)
Resumo
It14-001
Lisiane Navarro De Lima Santana Araujo, E.D.(Universidade Federal de Campina Grande); Neto, J.V.(Universidade Federal de Campina Grande); Rodrigues, R.M.(Universidade Federal de Campina Grande); Santana, L.N.(Federal University of Campina Grande); Santos, R.C.(Universidade Federal de Campina Grande); O estado de consistência das massas apresenta influência no processo de conformação e os parâmetros de queima influenciam nas transformações de fases dos materiais cerâmicos. Este trabalho teve como objetivo avaliar a influência do teor de umidade (9 e 12%) e dos parâmetros de queima (temperatura e tempo) em massas cerâmicas submetidas ao processo de prensagem uniaxial. Foram utilizadas duas massas adequadas para a fabricação de blocos cerâmicos, as quais foram submetidas às seguintes caracterizações: análise química, mineralógica e granulométrica. Corpos de prova retangulares com dimensões de 5,0 x 1,5 x 0,5 cm foram conformados pelo processo de prensagem. Em seguida, foram secos em estufa a 110°C por 24 horas e submetidos à queima nas temperaturas de 800, 900, 1000 e 1100°C, com taxa de aquecimento de 5°C/min e permanência na temperatura máxima de queima por 60 e 180 minutos. Os resultados mostraram que o teor de umidade e as características das massas exerceram influência na compactação. O teor de umidade de 12% foi o mais adequado para as massas analisadas. Quanto aos parâmetros de queima, verificou-se que o aumento do tempo de permanência na temperatura máxima de queima favoreceu a fabricação de peças com melhores propriedades mecânicas.
<< Voltar